Apresentação do Evento

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

VAGAS ESGOTADAS!!!

ATENÇÃO PARTICIPANTES: O credenciamento será reaizado exclusivamente nos dias 26/09 (15h às 19h) e dia 27/09 (9h às 10h). O participante deverá estar munido de documento de identidade e comprovante de pagamento. Não será aceita a realização do credenciamento de terceiros sem procuração com firma registrada em cartório.

 


XII Encontro Cearense de Historiadores da Educação – ECHE e o II Encontro Nacional do Núcleo de História e Memória da Educação - ENHIME têm o objetivo de dar visibilidade à produção acadêmica de pesquisadores experientes e iniciantes, sob diferentes recortes e perspectivas, que incidam sobre a temática geral proposta: 50 ANOS DE EDUCAÇÃO: HISTÓRIA, MEMÓRIA E FORMAÇÃO DOCENTE.

Dentre as muitas possibilidades da História e da Educação, como ofício, está a que permite falar, contar, narrar a nós mesmos, por meio de nosso passado e do espaço que produzimos, de nossas matrizes culturais, das ações e processos educacionais, dos conflitos e resoluções, pensados a partir de contingências e possibilidades. São ciências que buscam desvendar as entranhas e liames da vida social, em suas dimensões econômica, política e cultural, distendidas no tempo e no espaço.

O evento quer contribuir para aglutinar as iniciativas de pesquisa na área de História da Educação das diversas universidades, favorecendo o fortalecimento de uma rede de ação institucional e a publicação dos seus resultados de pesquisa, que serão revertidos positivamente para o processo de ensino, formação de pesquisadores e professores, bem como para o conhecimento do passado e da história local, em conexão com as instâncias nacionais e internacionais, para um melhor entendimento dos desafios do presente.

Os estudos no campo da Educação estão, cada vez mais, pelo contexto sociocultural que contemporaneamente se delineia, submetidos a novas exigências. Esse campo vem sendo pressionado por imperativos de ordem científica e de ordem profissional, como também de ordem política, administrativa e econômica. As tensões criadas por essas pressões nem sempre são decodificadas e analisadas mais a fundo. A tomada de consciência dos processos de mudança de diferentes ordens que atingem a sociedade, as comunidades, as pessoas e instituições po¬dem representar um momento privilegiado para abordagens no campo educacional, construindo-se novos sentidos dentro das compreensões procuradas para os fatos, as relações, os impactos e as mutações.

50 ANOS DE EDUCAÇÃO: HISTÓRIA, MEMÓRIA E FORMAÇÃO DOCENTE constitui o foco da discussão proposta, com vistas a revelar, por um lado, a diversidade de experiências nos dois campos de ação (Educação e História) e por outro analisar as questões que se colocam na discussão da pesquisa em História da Educação passando pela diversidade de temas, áreas, enfoques e também denominações que qualificam esse campo. Nesta perspectiva, buscar um melhor entendimento do que queremos estudar, quais os conhecimentos necessários para a formação de uma base teórica e que caminho trilhar no processo da pesquisa.

As 11 últimas edições do evento ocorreram com periodicidade anual, em diversos locais. O 1º em 2002 e o 2º em 2003 ocorreram na FACED/UFC. Em 2004, realizamos o 3º evento na UVA/Sobral. Em 2005, retornamos a Fortaleza, onde o 4º evento teria como sede, novamente, a FACED/UFC. O 5º evento, em 2006, foi realizado em Guaramiranga, juntamente com o I Encontro Norte e Nordeste de História da Educação, com o apoio da prefeitura local e dos órgãos estaduais e federais de fomento à pesquisa. Em 2007, o 6º evento ocorreu em Aracati juntamente com o I Colóquio Internacional de História da Educação, com a presença do Professor Justino Pereira Magalhães, Professor Catedrático da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa e da Professora Teresa Laura Artieda, Professora Titular da Facultad de Humanidades de La Universidad Nacional Del Nodeste, Chaco, Argentina. Em 2008, o 7º evento ocorreu em Barbalha, com a presença do Prof. Felipe Zau, Pesquisador e Assessor do Ministério da Educação de Angola. Retornamos a Fortaleza, onde foi realizado na FACED/UFC o 8º evento, com a presença dos conferencistas Prof. Simon Schwartzman, ex-presidente do IBGE e professor da UFRJ e da Fundação Getúlio Vargas e da Professora ZenyRosendahl, professora da UERJ, Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Espaço e Cultura. No 9º evento, em 2010, retornamos a UVA-Sobral e o nosso convidado para a conferência de abertura foi o Prof. Jorge Ramos do Ó, professor associado do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Em 2011, o evento foi realizado através de uma parceria da Universidade Federal do Ceará e Universidade Estadual do Ceará, sendo esta última a sede do encontro que contou com participação de aproximadamente seiscentos inscritos, e do palestrante Durval Muniz de Albuquerque Júnior da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. E o XI Encontro voltou para Universidade Federal do Ceará, nas dependências da Faculdade de Educação do Ceará – FACED, onde foi lançado o I Encontro Nacional do Núcleo de História e Memória da Educação, contando com a participação do conferênciasta Marcos Antônio de Almeida.

Para a realização do XII ECHE e II ENHIME, a Comissão Organizadora do evento coordenada pelos os professores Dr. José Gerardo Vasconcelos, Dr. José Rogério Santana, Drª. Lia Machado Fiuza Fialho, Ms. Dijane Maria Rocha Victor e Ms. Lourdes Rafaella Santos Florêncio decidiu por unanimidade, acatar a proposta da Universidade Federal do Ceará para sediar a 12ª edição do evento em comemoração aos cinquenta anos de fundação da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará. Esta instituição demonstrou espaço e aportes, de qualidade, necessários para realização do evento e possui cursos de graduação em História e Pedagogia, além de outros cursos de licenciatura objetivando a formação de professores. Na pós-graduação possui os cursos de Mestrado e Doutorado em Educação e Mestrado e Doutorado em História. O evento contará com um público interno – alunos, pesquisadores e professores - interessados em participar do evento, além dos pesquisadores das demais instituições do Ceará e de outros estados brasileiros que se fazem parceiros ao longo dos anos em que desenvolvemos esses encontros científicos.

joomla template 1.6
template joomla